A arte é um conceito tão amplo que tem milhares de definições. De forma simples, é o jeito que o ser humano tem de se expressar e de provocar reações e emoções. Desde as pinturas rupestres até hoje, ela evoluiu muito. Com o avanço da tecnologia, a arte digital começou a dominar o mercado.

Trata-se, portanto, da manifestação artística por meio de recursos de tecnologia. Seu surgimento aconteceu com a chegada dos primeiros computadores, por volta das décadas de 1960 e 1970. Hoje, ela parece em vários tipos: ilustração digital, vídeo e áudio, 3D, web design e até criações de algoritmos.

Para mergulhar de vez nesse universo, veja o que a arte digital tem a oferecer e entenda seu papel no cenário atual!

O perfil do artista digital

perfil do artosta digital

Todo artista tem que ter, acima de tudo, sensibilidade. Só é possível manifestar emoções se elas estiverem lá. Também é recomendado buscar a originalidade, porque a arte digital é criação — e não plágio. Nesse sentido, uma dose de ousadia é fundamental.

Porém, essas características subjetivas não são suficientes. Para ter uma carreira de sucesso é indispensável ter os conhecimentos adequados. Na hora de manipular certos softwares, como um Photoshop da vida, é preciso entender o que fazer para explorar os recursos ao máximo. Para criar arte 3D, é essencial saber modelar e ter os conceitos importantes.

Por isso, a cada dia que passa, os artistas digitais têm que ter de mais formação. É o que garante bases sólidas do conhecimento e resultados melhores.

Como a tecnologia muda muito rápido, também é preciso ficar atento às tendências, de modo a acompanhar as novidades e reconhecer o que tem chamado a atenção. Isso ajuda na hora de inovar e de ousar do jeito certo.

O panorama do setor e as carreiras

setores de arte digital

Entre 2014 e 2024, é esperado que a demanda por artistas digitais cresça 6% de maneira global. Apesar de parecer um valor pequeno, basta pensar no sem número de profissões que tem sido ou que já foram extintas nos últimos anos. Além disso, é um cenário animador, que demonstra que haverá cada vez mais oportunidades de trabalho.

Ainda de maneira global, a produção digital colorida alcançou a marca de 25 milhões entre 2014 e 2018. Apesar de ser um dado do ramo gráfico, demonstra que o setor, em geral, tem crescido.

Em parte, é algo que se deve à grande possibilidade de carreiras que o segmento oferece. Na produção de áudio e vídeo, a arte digital dá origem a editores de vídeo, animadores digitais e especialistas em pré-produção.

Também há os voltados para efeitos especiais, como os das produções live action Outras profissões incluem artista 3D, game designer, web designer e assim por diante.

As tendências para o futuro

tendência de artes digitais

O mercado está em constante mudança e, com isso, dá origem a várias tendências. A cada dia que passa, há menos estigmas com a decisão de seguir a carreira de artista. A versão digital veio mudar a forma como as pessoas enxergam a alternativa e isso tende a se fortalecer.

Também surgem novas possibilidades quanto ao uso de tecnologias. Recursos como realidade virtual e aumentada e inteligência artificial serão cada vez mais usados. Ter uma formação sólida e antenada, portanto, é essencial para conseguir o sucesso.

A arte digital tem sido mais valorizada e isso se deve à internet; A tecnologia tem ajudado muito o mercado e o melhor de tudo é que essa é uma alternativa de trabalhar com prazer!

Quer mergulhar de cabeça nessa possibilidade? Conheça as formações da ZION e descubra como se capacitar!

Faça um comentário

avatar